quinta-feira, 10 de junho de 2010

Sabe o que seria bom? Seria bom se você chegasse pra mim, olhasse nos meus olhos e dissesse tudo aquilo que você sente. Eu poderia saber até onde as suas palavras seriam verdade. Eu poderia descobrir se sinto o mesmo por você. Mas por favor, não me engane.


Não faça com que eu me arrependa dessa segunda chance.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Chega de tentar esconder o que você está sentindo
Não vê que isso não leva a nada?
Todos os seus sentimentos estão guardados, e você não os deixa sair.
Tem tanta gente querendo te ajudar
e tudo o que você precisa é dizer que sim.
Para curar a dor de um amor, só arranjando outro...
e isso não vai ser difícil,
já que nesse momento ele está batendo na sua porta.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Tanto pra dizer, tanto pra entender. Quando tudo está melhorando, de repente aquela coisa dentro de você volta com mais força do que nunca. E agora: qual decisão devo tomar?

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Sentimentos são uma coisa estranha. Chegam bem devagar, de mansinho... e quando percebemos já estamos completamente envolvidos. É curioso como o ser humano se deixa levar pelas emoções. Ainda mais porque os sentimentos são incontroláveis; uma vez envolvido, é difícil se livrar. Eles são capazes de nos botar pra cima ou pra baixo em questão de segundos. Continuam a criar expectativas, que parecem nunca ter fim. Se não somos correspondidos, dói, e o único jeito é aturar até que passe. Se é recíproco, agradeça todos os dias, porque não é sempre que encontramos quem nos completa.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Sinta-se feliz. Simples assim. Quando paramos pra pensar, as pequenas coisas fazem uma super diferença na nossa vida. Acordar de bom humor e tratar bem as pessoas que amamos já é um grande passo. Sem mistério. Essas coisas geralmente parecem ser complicadas, mas o melhor de tudo é que não são. Quando se sentir pra baixo, tente pensar assim:

When you're down and lost
and you need a helping hand
When you're down and lost along the way
Oh just tell yourself
I'll, I'll be ok.

Um pouco de autoconfiança não faz mal a ninguém... ;)
(Música: McFLY - I'll be ok)


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Cheguei perto demais de desistir. Muitas vezes. Quando abandono essa idéia, penso a tolice que teria sido. Qualquer ser humano tem sonhos. O que aconteceria com eles se eu tivesse desistido? Eles iriam embora junto com a covardia. Tenho que lutar pelo o que eu quero. E quando eu conseguir, sei exatamente a quem devo agradecer, pois essas pessoas me falaram: "não desanime", ou "você pode ter tudo o que quiser, só precisa batalhar". Então, eu te digo a mesma coisa. Se você tem um sonho, corra atrás dele, ultrapasse toda e qualquer barreira que aparecer. Conte com todos que você ama, porque com o apoio deles essa jornada será muito mais fácil. Dependendo da situação, você terá que fazer tudo sozinho. Mas isso não é motivo para desistir. Seja independente. De qualquer maneira, apenas siga seu sonho.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Sempre tentamos ajudar. Sempre, sempre, sempre. A ajuda pode até nem ser lá essas coisas, mas de qualquer forma tentamos. Quando há um problema, a culpa é sempre sua. Ou você não lavou a louça direito, ou não levou o cachorro pra passear, ou não sabe nem segurar um durex sem que as pontas preguem uma na outra. E isso dá uma raiva enorme. Mas como falar? Como falar sem ser rude, sem magoar a pessoa, sem criar aquele clima desagradável? Geralmente apenas tentamos fazer melhor. Não falamos nada. Deixar triste aquela pessoa que você mais ama por uma besteira dessas... É a pior sensação do mundo. Apesar disso, podemos tirar uma boa conclusão: nós aprendemos a ter paciência, e quem sabe futuramente ensinar à pessoa que só faz reclamar. Porque ninguém perde a paciência se realmente nunca a teve.